domingo, 31 de maio de 2009

INVISÍVEL

Vês-me aqui, não sou invisível, não sou nenhuma miragem, nenhuma ilusão na noite, estou aqui sou real, sou verdadeiro, tenho um sentimento, sei o que digo pois tenho uma certeza, não uma efémera esperança de algo que parece distante.
Amo-te.

Dizer isto parecer-te-á para sempre como algo falso e como uma promessa demasiado boa para ser verdade, no entanto estas duas palavras sempre foram a verdade que moveu a minha vontade, a vontade que me conduziu fora da cama durante todos estes dias...
És a Alegria na minha vida, aquela força que busco no último momento, amar-te assim tornou-me um crente, alguém que sempre quis abandonar a vida, mas, que agora achou alguém que fez com que tudo fizesse sentido, tudo se encaixou como um puzzle, o espelho do teu olhar fez-se reflexo da minha alma.
Encerrei o passado, fiz-me presente, palavra corajosa perdida no vento, fiz-me humilde, pobre sonhador à espera do perdão da sua musa, fiz-me poeta e escrevi-te na passagem da manhã, pois tu és muito mais do que uma ilusão, és muito mais do que uma mentira perdida nos lábios de alguém descrente.
Eu amo-te e acredita meu amor, estes meus braços serão para sempre o berço do teu corpo.

Bruno Carvalho

3 comentários:

dyphia disse...

chorei ao ler este post... absorvo todas as tuas palavras como espelho daquilo que eu propria sinto... como é possivel que um sentimento tão bonito e puro cm o amor possa causar tanta dor, tanto sofrimento...

a cada texto que aqui colocas mais admiração minha recolhes...

beijinhos

Bruno Carvalho disse...

Obrigado querida Dyphia, as tuas palavras significam muito, fico lisonjeado conseguir tocar alguém assim tão profundamente, quanto ao amor sim por vezes provoca essa dor, mas a maior parte das vezes é porque realmente não amamos que realmente merece...
beijo e obrigado

poteta disse...

Delicioso este texto...
E também gostei do comentário ao comentário da Dyphia.

DON'T BOTHER

Don't mind me, just wandering around drawing circles in the air Don't mind me, nothingness is just a state of mind Don't bo...