METADE

Quero descobrir cada pedaço do teu corpo, quero conhecer cada gesto teu, quero perder-me no teu olhar e ver-me nele, quero provar dos teus lábios a doçura da paixão, quero estar lá quando a tristeza aparece não só para secar as lágrimas mas também para compreender porque caem, porque por vezes chorar faz mesmo parte do processo de cura.
Quero estar lá quando tirarem de ti essa dor, quero estar lá quando marcarem para sempre na tua pele aquele símbolo de coragem e perseverança, quero estar lá quando deres ao mundo novos olhares através da janela da tua alma, quero estar lá quando a noite cai, quero abraçar-te e compreender que a beleza existe de facto neste mundo cinzento e triste.
Quero tudo isto porque sem ti sou apenas uma metade, um ser incompleto que vagueia em busca de sentido, quero sentir-me um todo, quero que viver em ti, pois vives já em mim.
Quero subir contigo cada degrau, vencer cada obstáculo, quero chorar contigo, quero rir contigo, quero ser tudo mesmo sendo nada, porque acredita estou há demasiado tempo sozinho, à demasiado tempo na demanda pela minha metade perdida.
Dizer que te amo nunca será suficiente para descrever o que sinto e tudo o que sinto vai para além de mil palavras vazias.
Basta o teu olhar e a certeza espelhada nele.
Bruno Carvalho

Comentários

Bruno disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

Mensagens populares deste blogue

RE(CANTOS)

A QUEDA