DISTÂNCIA

Andava eu absorvido pelas minhas pequenas misérias, pelo meu amor não correspondido, andava eu cabisbaixo a pensar que se calhar tudo era culpa minha quando inesperadamente alguém "tropeçou" nas minhas palavras no meu blog, alguém com um nome peculiar e ao mesmo tempo original.
O comentário que deixou fez-me sorrir. Primeiro porque me tratou por você, depois porque iluminou o meu ego.
Precisava de ar fresco na minha vida, precisava de novidade, de novos pontos de vista e desafios, por isso fui à descoberta, e por vezes tomam-se decisões que alteram mesmo num minuto o curso da vida, o que descobri por detrás daquele nome peculiar foi uma pessoa fascinante e bela em todos os sentidos, por diversos motivos que no entanto guardarei para mim.
Intitulei este texto Distância por um motivo, duas das pessoas mais especiais para mim neste momento encontram-se separadas por mim numa grande distância espacial, uma em Odivelas a outra em Santa Maria da Feira, que no entanto conseguiu ser encurtada através da partilha de sentimentos e pontos de vista, pessoas que se ligaram como se de facto se conhecessem à diversos anos, aí reside um dos pontos positivos da Internet, juntar pessoas através de grandes distâncias.
Hoje acordei com um pouco mais de fé, não só em mim próprio mas também no mundo em si, afinal pode mesmo existir esperança, cheguei à conclusão que deixei de acreditar pois deixei-me confinar a um único ponto de vista, liguei-me demasiado profundamente a alguém que não merecia muito mais de mim do que uma simples simpatia, há tanto no mundo para descobrir, porque tenho eu de ficar confinado ao meu buraco, à minha prisão interior?
A partir deste momento acredito que as coisas só podem melhorar.
A distância entre nós está cada vez mais curta.
Bruno Carvalho

Comentários

dyphia disse…
queria fazer um comentario mas neste momento estou sem palavras... deixo-te um simples

MUITO OBRIGADA!

BEIJOS
R disse…
And I still wonder if you ever wonder the same...
:)

Mensagens populares deste blogue

RE(CANTOS)

A QUEDA