quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

TELA


O futuro desfia-se em mil fios nas pontas dos meus dedos para tecer o presente. O meu coração explode com a chegada da noite, pois com ela vem a lua, vem aquele doce aroma a serenidade, com ela vêm os meus sonhos e neles vens tu.
Neles faço do teu corpo tela e pinto borboletas com os meus lábios, misturo cores com a ponta dos dedos na tua pele, idealizo paisagens no teu olhar.
O meu coração descongela finalmente, jazia adormecido no mais fundo dos invernos, agora explodiu em mil pedaços de calor, calor de uma nova primavera, uma esperança finalmente tornada realidade, o meu corpo rejubila, a minha alma finalmente canta hinos de glória.
Conquistaste-me com a doçura do teu sorriso.
Agora aqui fico à espera, carente de ti, do teu calor, do teu abraço. Agora aqui fico finalmente certo que quero viver, sim escolho viver.
E tu meu amor, tu viverás para além dos meus sonhos.


Bruno:Carvalho


Foto por: silvio feitosa


1 comentário:

_Sweetinha_ disse...

O futuro a cada um de nós pertence assim como o presente e o passado. O presente vive-se com intensidade, o passado por vezes revive-se e o futuro vai-se viver... Jinhos e continua sempre a fazer sonhar os teus leitores :o)

EXORCISMO

Exorciza os demónios da minha alma Os fantasmas inumanos que consomem a minha carne Liberta-me, perdoa-me. Exorciza o meu corpo com...