sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

SOPRO


Estou cansado, mentalmente, fisicamente...
Estou cansado que a distância vença sempre, estou cansado que a vida dê mil e uma voltas até dar algo que valha a pena, estou cansado de mim, cansado da minha impotência.
Quem me dera poder trocar a pele, pelo menos uma vez por semana, ser diferente, o oposto.
Quem me dera ter fé, quem me dera acreditar que de facto existe mais.
Por vezes fico simplesmente assim, arrasado pela corrente do dia-a-dia, incapaz de levantar a cabeça, demasiado descrente para aprender com o desânimo.
Falta-me aquela vitamina, aquele força extra que o teu beijo me dá, falta-me o teu perfume, o teu sorriso, a tua presença...
Que o sono chegue célere, que a noite cure a descrença e os sonhos façam eco de novo no silencioso âmago da minha alma.
Faz-te corpo, carne e sangue, faz-te verdade e certeza, faz-te pulsação para conduzires o meu coração ao ritmo certo de novo.
Faz-te ânimo, faz-te sensação e paixão, um sonho, um paraíso perdido, faz-te fogo para me consumires, para depois o vento espalhar as minhas cinzas, faz-te salvação.
Faz-te prazer, preenche o meu corpo com sensações, faz-me tela e pinta em mim a serenidade do teu corpo.
Faz-te musa, sopra em mim de novo a inspiração, um sopro em forma de beijo, faz-me poeta porque longo se torna o caminho e sem as palavras tuas que de mim respiro longo se torna também o abismo que nos separa.


Bruno:Carvalho
2010

Foto por: Victor Melo




2 comentários:

Narcolepsia disse...

Achei lindo..

"Pode a distância separar-te dos teus amigos? Se queres estar junto de alguém que amas, não te parece que já lá estarás?"

Não há longe nem distância, Richard Bach

Narcolepsia disse...

Os dias não são todos iguais e acredito em ti e que conseguirás afastar o desânimo. Vou tentar ajudar-te! beijo

EXORCISMO

Exorciza os demónios da minha alma Os fantasmas inumanos que consomem a minha carne Liberta-me, perdoa-me. Exorciza o meu corpo com...