domingo, 28 de fevereiro de 2010

ASLEEP

Viu ao longe a placidez do seu rosto, a intensa beleza do seu sorriso, movimentava-se como num sonho, parecia caminhar, mas os seus pés nunca tocavam no chão, pairava, mais leve que um pensamento, tão irreal como um desejo.
A noite veio, o sono aplacou todo e qualquer sentimento, viu-se ali vazio, ancorado ao nada como um farrapo de neve perdido num dia precoce de primavera.
Abraçado às suas recordações riu-se ardentemente da ironia da vida, abraçado à solidão fingiu viver noutro mundo, numa realidade paralela onde a vida é apenas um sonho.
Adormeceu, sentia-se vazio de emoções.
Apenas o sono sem sonhos fazia sentido.
Bruno:Carvalho
2010



ANATHEMA

"Wings Of God"

No one can find me

Here in my soul

Kicking and screaming

Out of contro

Calm myself down now

Nobody knows

No one can find me

Here in my soul

Hooked on your problems

Do I know why

And if you come my way again

Would I lend a hand

Would I understand

No one can find me

Here in my soul

Kicking and screaming

Out of control

Calm myself down

Nobody knows

No one can find me

Here in my soul

Solitude was never.. never seen as loneliness

And things need.. they need time

And time leads to other things

And playing roles

Which are limited

By the poor fund of knowledge

In this sick, sick world

We all fall down

Once in a while

Escaping the law of the unexplained pains

[Lyrics & Music: J. Cavanagh]

Sem comentários:

DON'T BOTHER

Don't mind me, just wandering around drawing circles in the air Don't mind me, nothingness is just a state of mind Don't bo...