sexta-feira, 28 de maio de 2010

YELLOW BRIGHT SUN

Porque hoje mereça talvez ser chamado o pior amigo do mundo, porque hoje lembrei o que ontem havia esquecido, porque hoje tento exprimir o que ontem não precisava exprimir, porque por vezes não te mereço e à tua sábia presença que entrou de rompante na minha vida, que abanou fundações e destruiu medos. Porque tu significas muito para mim, um sonho UNIVERSAL numa vida a prazo.
Porque gosto muito de ti e te amo com aquele amor bem especial que tu sabes, porque no meio de tanta gente igual tu és a mais diferente e especial que encontrei.
Porque por vezes sou mesmo um tonto.
Para ti minha minha amiga, minha janela, meu sol e meu girassol amarelo.
Para ti minha grande e querida amiga Rute! Um desejo de parabéns atrasado e um pedido de desculpas disfarçado sobre esta música, porque universal é o sentimento do tempo que aprendi a valorizar contigo

Porque estás mesmo em todos os lugares para onde vou e em tudo o que faço.

Bruno:Carvalho


ADORO-TE!

ANATHEMA
"Universal"
Above the clouds
We flew to heaven
Through the eye of the storm
And into the light
I see you
You're everywhere I go
In everything I do
I dreamed a thousand years
Just to be here where everything is right
Scrape those screamless skies
Defy the limits and fly


quinta-feira, 20 de maio de 2010

DREAMING LIGHT

And so I wandered through smoothered landscapes, frail steps in a limelight night, slipping down the highway of silence I gaze into the stars, veiling a way, a conscious path.

Laying down in sandstorms, I rise from the sand to grab your warm hands, and then we dance, your heartbeat in a music box, sweet rythim in a greater symphony.

So I heard you are made of stars, so here I am waiting floating in the moon, lost in the midnight sky.

Stay in my arms, do you long to feel?

Here I stand wearing a crown of silence, waiting for a sweet December night when the winter arrives and your beauty blossoms.



Bruno Carvalho
2010



ANATHEMA
"Dreaming Light"
Suddenly... life has new meaning
Suddenly... feeling is being
And you shine inside
And love stills my mind like the sunrise
Dreaming light of the sunrise
Dreaming light and......
Suddenly ... I don't have to be afraid
Suddenly it all falls into place
And you shine inside
And love stills my mind like the sunrise
Dreaming light of the sunrise...
I feel you but
I don't really know you
I dreamed of you from the moment I saw you
and I've seen the sunrise in your eyes
the sky... the sea... the light...
so live your dream beneath the northern horizon
be at peace, set your heart ın flight agaın
for the light ıs truth...
the light is you
(Todos os créditos reservados à banda Anathema)

segunda-feira, 10 de maio de 2010

EMBRACE

ASHRAM

"Forever At Your Mercy"

Your smile's a butterfly

Your eyes a two flames fire

You skirt around my nights like a summer moon

Lighting up my place but still not mine to hold

Here I am and here I'll stay

Here I am

Forever at your mercy

Your skin's a forbidden dream

Your taste a cool grapevine

All you give is grace and beauty in trembling shades

Please just realize you've got me hypnotized

Here I am and here I'll stay

Here I am

Forever at your mercy

I'M HERE FOR YOU

quarta-feira, 5 de maio de 2010

ESTRELA


oh os teus beijos... os teus beijos meu amor, são trovas nunca cantadas, poesias nunca declamadas, são desejos nunca sonhados, sentimentos nunca sentidos
oh meu amor, os teus olhos são mares nunca navegados, fontes nunca descobertas, rios nunca atravessados
oh meu amor, o teu corpo é paraíso nunca imaginado, é refúgio sempre ansiado, é ternura em forma de poesia
oh meu amor, a nossa eternidade será famosa entre as estrelas aquelas de, entre todas as coisas, mais belas e discretas.

Poiso-te no firmamento, embalo-te na profundidade da minha alma, sussurro o teu nome à estrela da manhã, canto a tua beleza ao sol renascido de uma noite intensa.

oh meu amor, o teu brilho, a tua imagem reflectida no meu olhar, vejo-me além da sombra esbatida na parede, vejo-me além da última ferida...
oh os teus beijos, os teus beijos meu amor amarrados para sempre aos meus lábios há demasiado tempo órfãos de ti...


Bruno:Carvalho
2010

Foto por: Cristina Gomes

domingo, 2 de maio de 2010

01-05-2010



É-me impossível exprimir por palavras tudo a aquilo que sentimos, partilhámos, oferecemos neste dia o primeiro do mês de Maio de 2010.
Desde o primeiro momento quando descobrimos a empatia forte que nos ligava nada foi o mesmo na minha vida, a tua entrada na minha vida fez-me ver tudo de cor diferente, senti puxado, mas acima de tudo senti que eu me impelia a mim próprio para subir, rumo a ti, rumo ao teu olhar.
Hoje provei pela primeira vez o teu beijo, senti pela primeira vez o teu calor e o pulsar do teu coração, por entre o sol timido de primavera passámos momentos de paz, vivemos o momento e que momento lindo este foi!
És muito importante para mim!
Gosto muito de ti doce Cristina, que estes 30 dias passem céleres para poder de novo naufragar no cais dos teus lábios.

Amo-te!
Bruno:Carvalho
2010




ANATHEMA

"Thin Air"


love is free
in time, in peace
and now is here
this life, this dream...

you know how it feels but... is it all in your mind?
when you know how it feels to be pushed and pulled through your life
and sometimes it seems like there is life in your eyes
and all that i know is i love you

yes i love you

and it feels like we're already flying
but the air is too thin and we're dying
the clouds all around take us higher
the world far below is on fire
i hold out my hand just to touch you
and all that i know is i love you
a vision a promise of heaven
a reason for being forever

you're just a whisper away


we've come too far to turn back
this is where we stand and face it
this is who we are, one step closer
into thin air we will go there
we've come too far to turn back
this is where we stand and face it
i feel you breathe
you're just a whisper away

we've come too far to turn back
this is where we stand and face it
this is who we are one step close
into thin air we will go there
we've come too far...

this is where we stand...


Lyrics by Danny Cavanagh

DON'T BOTHER

Don't mind me, just wandering around drawing circles in the air Don't mind me, nothingness is just a state of mind Don't bo...