NO HOPE

A verdade é que quem vive sem esperança vive sem medo. Sem medo de perder o emprego logo troca a sobrevivência pela vida, sem medo de perder o amor logo troca a dor por um sentimento sereno, sem medo de perder a companhia assim nunca terá receio de ficar sozinho.
Enfrenta a morte sem olhar para trás, enfrenta o fogo e o frio porque o medo não lhe tolhe os movimentos, enfrenta a doença pois nada mais tem a perder.
Quem vive sem esperança torna-se dono do mundo, pois quem com ele convive não é mais que um escravo que luta contra a abolição da escravatura.
Qual deles és?
O eterno pessimista sem esperança ou o escravo jubilosamente amarrado ao mastro?
Bruno:Carvalho
2010




Comentários

Araúja Kodomo disse…
Curto e grosso! Adorei o texto, brutal mesmo! *
Narcolepsia disse…
viver sem medo e sem sentido. *

Mensagens populares deste blogue

RE(CANTOS)

A QUEDA