domingo, 14 de novembro de 2010

...

Era tão mais fácil se pudessemos tomar as nossas decisões fora de nós, ser e não ser ao mesmo tempo, seria tão mais fácil não nos queixarmos o tempo todo quando há pessoas bem piores que nós, infelizmente por estes lados coisas fáceis é que não queremos.

Seria tão mais fácil meter um tiro na cabeça, cortar os pulsos, tomar uma dose extra de comprimidos, mas para isso é preciso coragem e ela por aqui também não abunda.
Quem quiser que lhe pegue, eu já desisti de mim...
Quando se chega a este ponto muito pouco resta...

Feeling nothing... nothing at all...

1 comentário:

Narcolepsia disse...

Eu acredito que há muito dentro de ti! E gostaria de fazer muito por ti! Beijinho doce

DON'T BOTHER

Don't mind me, just wandering around drawing circles in the air Don't mind me, nothingness is just a state of mind Don't bo...