quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

GLÓRIA ANTIGA

Onde andas tu velho sangue lusitano, que outrora deste mundos novo ao mundo, que outrora lutaste pela democracia e fizeste de um sonho uma revolução?
Onde estás tu velho comunista, agora trocado por mil e um velhos do Restelo que sob uma falsa máscara de modernidade nos fazem atolar ainda mais no pantanal criado por anos e anos de esbanjamento?
Os anos das vacas gordas como lhes chamam...
O que aconteceu à velha ideologia? Está diluída na mole humana, transformou-se os punhos no ar e os gritos na rua pela revolução de esplanada, falamos falamos, mas dali não sei nada de concreto...
O que fez com que a massa trabalhadora deste país fosse transformada em meras peças de um xadrez económico e corrupto?
O que fez com que a maioria dos patrões considerasse um mero acto de caridade a contratação de um trabalhador?
Não somos pedras debaixo das botas de um gerente negligente, que num cenário de falência é sempre o menos culpado, mas poderemos de certeza ser uma pedra na engrenagem, mas querer...
Sobrecarregam-nos com exigências enquanto nos cortam os direitos, rentes para nada deles sobrar, quando tentamos nos manter firmes na luta pelos mesmos, atrofiam-nos de tal forma a nível psicológico que não temos solução senão quebrar, porque por vezes não temos dinheiro para exigir justiça, dinheiro??!!!
Sob a desculpa ignóbil da crise cometem-se crimes contra as mãos que elevam este país, mãos que levam ao fim de um mês de trabalhos uns míseros tostões para essencialmente pagar impostos, pagar saúde e educação como se não fossem direitos.
Tentem retirar a mão de obra numa fábrica de calçado e tentem manter a empresa só com capital... Cada vez mais a maioria dos gestores e gerentes perdeu a essencial visão humanista com os seus colaboradores, como se os empregados fossem os responsáveis pelo prejuízo ou pela crise...
Como diz o grande Fernando Ribeiro, "Volta a nós glória antiga!"

Eu vou preparar-me para descansar para ir trabalhar amanhã à borla por conta de um patrão que nem merece um mero bom dia, mal educado, mal formado, falso e imbecil.
Mas um direito que nos corta, às vezes não são só os burros que usam palas nos olhos!!!!

Bruno:Carvalho
2010

1 comentário:

Narcolepsia disse...

Os ricos têm sempre mais dinheiro e os pobres menos. Existem sempre desculpas para não pagar aos que já recebem pouco.

DON'T BOTHER

Don't mind me, just wandering around drawing circles in the air Don't mind me, nothingness is just a state of mind Don't bo...