terça-feira, 12 de abril de 2011

DEMAIS

"O meu mundo não é como o dos outros, quero demais, exijo demais; há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que eu nem mesma compreendo, pois estou longe de ser uma pessoa; sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma que não se sente bem onde está, que tem saudade… sei lá de quê!"

Florbela Espanca

Para além do sonho vive a verdade...

1 comentário:

Narcolepsia disse...

Para mim és demais, és o sonho e a verdade! amo-te demais! quero-te demais! Tenho saudades tuas quando estás longe. Quero viver a realidade contigo.

ÂNSIA DE PARTIR

A falsa imortalidade da alma Falsos discursos, palavras apagadas pelo tempo Amores destroçados pela minha incerteza Quero apagar-m...