BUSCA

Que a luz me queime!
Se não te encontrar por entre as sombras deste dia
Radiante, ardente...

Que o vento me leve!
Se não te guardar firme no meu corpo
Bela, carente....

Que a terra me engula!
Se não te proteger da solidão
Da obscura luxuria do tempo

Que venha o dilúvio, que me lave deste mundo
Que a porfíria desgraça seja enterrada nos destroços
Que a luz me queime se não conseguir partir as correntes
As raízes que me impedem de voar com asas roubadas ao sonho.

Bruno:Carvalho
2011

Comentários

Indy disse…
O sentido...Gostei muito! Beijinho*
Narcolepsia disse…
Tudo tinha sentido... quando eu te sentia em mim...Beijinho*

Mensagens populares deste blogue

RE(CANTOS)

A QUEDA