segunda-feira, 7 de julho de 2014

CABELOS DE VENTO

Sonhei com os teus cabelos cheios de vento
Na brisa matinal senti a ponta dos teus dedos
Percorrer a minha pele ansiosa e suada
Senti-te no meu despertar, na minha aurora

Sonhei com um amor disperso nos lençóis
O meu corpo amarrado nos teus braços
A janela aberta corrompia a minha confiança
O vazio convidava a uma nova queda

Mas senti que tu me tocavas mesmo longe
Tão perto de sentir a paixão
Levantei-me com uma sensação de perda
O teu corpo desapareceu na frescura de mais um dia

Então percorri os passos que me levavam a ti
Ansioso pela chegada da noite
Para me afogar de novo no teu contentamento
Para me sentir de novo perdido em ti

Sonhei os teus cabelos feitos de vento
Sonhei os teus lábios feitos de paixão
Sonhei o teu corpo feito esperança
Acordei sozinho, despedaçado em lágrimas

Bruno:Carvalho


Sem comentários:

EXORCISMO

Exorciza os demónios da minha alma Os fantasmas inumanos que consomem a minha carne Liberta-me, perdoa-me. Exorciza o meu corpo com...