quinta-feira, 16 de abril de 2015

FINA FLOR

És fina flor de uma manhã primaveril
Adoro quando o vento arrasta o teu cabelo
Quando o sol passa nas curvas do teu corpo
As palavras morrem-me na garganta
Não por as não poder dizer
Mas porque nenhuma te conseguirá alguma vez descrever.

Mergulho no teu olhar como se da minha salvação dependesse
As tuas palavras, são como água fresca para o meu corpo cansado
És o bálsamo que apaga qualquer cicatriz
Sonho contigo, sonho por ti
És a luz que penetrou a minha escuridão
A esperança perene de acreditar que o amor é possível.

Todos os dias agradeço o novo dia
Pois com cada amanhecer fico um dia mais próximo
Até que o dia que possa finalmente pousar a cabeça no teu regaço
E adormecer feliz na paz que o teu corpo promete
Sou sonhador, poeta vagabundo que achou a sua musa
A rosa vermelha de paixão que floresce de novo no meu coração.

Bruno:Carvalho

Sem comentários:

EXORCISMO

Exorciza os demónios da minha alma Os fantasmas inumanos que consomem a minha carne Liberta-me, perdoa-me. Exorciza o meu corpo com...