terça-feira, 14 de julho de 2015

LUZ

Sabem aquela sensação de estar no fundo do poço, de sentir tudo à nossa volta desmoronar-se, sentir as correntes que nos prendem a uma solidão sem fim?
Saberão por certo aqueles que passaram ou passam por isso...
Passar todos os dias a desejar ardentemente por um pouco de luz, uma esperança que nos impeça de cair no abismo, algo para lutar, para sonhar e ambicionar.
Os que sabem isto tudo também sabem que por vezes essa luz acaba por aparecer, normalmente da forma mais inesperada possível, pode vir de um sorriso, de uma flor, de uma música, de um poema, ou de uma pessoa totalmente desconhecida com um par de fotos e um nome na tela de um computador.
Mergulhar no desconhecido agarrado a uma pequena esperança, pode fazer milagres numa alma brutalizada pelas agruras do desespero.
Ganha-se força, sabendo que algures está alguém a sentir o mesmo que nós, mesmo longe, impossível deixar de sentir que está perto, basta palavras de consolo e compreensão.
Por muito que escrevesse agora nunca daria para descrever o sentimento de reconhecimento de duas almas perdidas buscando a mesma coisa na vida, sentido para a mesma.

Por isso agradeço-te Sofia, por a pequena luz ao fundo do túnel que me deste...

Bruno:Carvalho
Julho 2015

1 comentário:

Anónimo disse...

Beijo .... fios de luz

EXORCISMO

Exorciza os demónios da minha alma Os fantasmas inumanos que consomem a minha carne Liberta-me, perdoa-me. Exorciza o meu corpo com...