terça-feira, 1 de setembro de 2015

AMAR COMO AMAR

Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?
Fernando Pessoa

BEIJOS E OUTRAS FORMAS DE DIZER O QUE SE SENTE....

oh, os teus beijos... os teus beijos meu amor, são trovas nunca cantadas, poesias nunca declamadas, são desejos nunca sonhados, sentimentos nunca sentidos
 oh, meu amor, os teus olhos são mares nunca navegados, fontes nunca descobertas, rios nunca desaguados
 oh, meu amor, o teu corpo é paraíso nunca imaginado, é refúgio sempre ansiado, é ternura em forma de poesia
 oh, meu amor, a nossa eternidade será famosa entre as estrelas aquelas de entre todas as coisas as mais belas e discretas.

Bruno:Carvalho


EXORCISMO

Exorciza os demónios da minha alma Os fantasmas inumanos que consomem a minha carne Liberta-me, perdoa-me. Exorciza o meu corpo com...