SESSENTA

Sessenta segundos de dor
Sessenta segundos de amor
Sessenta dias numa vida
Sessenta dias não curam a ferida
Sessenta palavras ao alcance da mão
Sessenta almas que requerem salvação
Sessenta almas que procuram o perdão
Sessenta segundos de frio interno
Sessenta segundos do meu inferno.

Seiscentos e sessenta e seis pecados
Seiscentos e sessenta e seis suspiros acorrentados.

Bruno:Carvalho


Comentários

Mensagens populares deste blogue

RE(CANTOS)

A QUEDA