quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

ÂNSIA DE PARTIR

A falsa imortalidade da alma
Falsos discursos, palavras apagadas pelo tempo
Amores destroçados pela minha incerteza

Quero apagar-me deste discernimento incoerente

A falsa verdade do amor
Quero distanciar-me desta dor inane
Este desejo que me estremece
Esta ânsia de partir, como se ao partir pudesse esquecer

Algures por entre a primeira e a segunda hora
Por entre a escuridão que escarnece da minha bravura
O meu reflexo esconde-se por entre espelhos partidos
Quero arrancar de mim este torpor, este medo obscuro

A falsa moralidade do desejo
Quero esquecer-te mesmo que deseje lembrar-te
Afogar por fim estas mágoas, estas saudades
Quero enterrar-te por fim no passado


Bruno:Carvalho

sábado, 6 de janeiro de 2018

BROKEN PROMISES

Broken promises, senseless lies
You caught me in your eyes
Forgotten hopes buried in time
Fragile dreams that I’ve made mine.

I saw you there where the moon dwells
And my desire slowly melts
You were shinning upon my head
But I couldn’t help to be sad.

Because you were far away from me
And mirages and ghosts are all I see
I found myself crying deeply, grieving
Restless and hopeless trying to find a meaning.

All the broken promises, oblivious feelings

A forsaken word with too many meanings.

Bruno:Carvalho

MARILYN

MARILYN Walking through, slipping through Crumbling along the ember valley It was I drifting among the sorrows Avoiding the sword...